Câmara da Mealhada celebra protocolo para reabilitação do Convento de Santa Cruz e Capelas da Via Sacra

A Câmara Municipal da Mealhada assinou um protocolo com a Direcção Regional de Cultura do Centro (DRCC) para a recuperação do Convento de Santa Cruz e das Capelas dos Passos da Via Sacra.

A Autarquia assume-se como dona da obra e consequentemente assume a execução do projecto de reabilitação, cabendo à DRCC o apoio técnico necessário, quer na fase de preparação de lançamento dos procedimentos pré-contratuais, quer na fase de acompanhamento da respectiva execução.

Em paralelo, o Município celebrou um protocolo com a Fundação Mata do Buçaco em que esta última reconhece e aceita que a empreitada de “Requalificação e Valorização da Mata Nacional do Buçaco – Recuperação do Convento de Santa Cruz e das Capelas dos Passos da Via Sacra” seja executada pelo Município.

A autarquia assume a contrapartida nacional do financiamento comunitário que vier a ser atribuído na candidatura efetuada, num total de 124 mil euros. A este valor acrescem mais 147 mil euros suportados pela Autarquia decorrentes de um projeto complementar de recuperação deste património.

Recorde-se que o Convento de Santa Cruz e as Capelas dos Passos da Via-Sacra estão classificados como Imóvel de Interesse Público, desde 1943, tendo esta classificação sido alargada à Mata Nacional do Buçaco em 1996. Para breve, a Autarquia prevê a reclassificação de todo o conjunto como Monumento Nacional.