Banco de Leite de Cantanhede com um balanço muito positivo

Um balanço muito positivo foi a conclusão extraída da reunião dos representantes das entidades envolvidas na dinamização do Banco do Leite de Cantanhede que reuniram ontem, 10 de Abril, para fazerem a avaliação da catividade desenvolvida em 2017 e perspectivar as acções para o ano em curso.

Da responsabilidade do Lions Clube de Cantanhede, este projecto de intervenção social funciona nas instalações do Banco de Recursos Colmeia, no âmbito de uma parceria com a Câmara Municipal, centrando a sua acção na recolha de donativos destinados à aquisição de leite para proceder à sua distribuição por agregados familiares carenciadas que incluam crianças dos 0 aos 6 anos.

O projecto assenta no apoio dos denominados padrinhos, empresas ou pessoas em nome individual que asseguram o pagamento do leite consumido pelas crianças das famílias em situação de vulnerabilidade social.

Presidida pelo Vereador da Acção Social, Adérito Machado, a reunião de avaliação da actividade desenvolvida no ano transato contou a com a presença da representante do Lions Clube de Cantanhede, responsável da instituição pelo Banco de Leite, e dos padrinhos activos.

Em 2017, o Banco do Leite de Cantanhede apoiou 23 crianças, às quais facultou 2.651 litros de leite pasteurizado, tendo ainda proporcionado a 13 bebés 234 embalagens de leite em pó e papas, além de 27 cabazes de Natal. Este é o resultado das contribuições de 14 padrinhos, entre os quais farmácias, empresas, bancos sedeados em Cantanhede e, também, alguns cidadãos anónimos.

No total, as dádivas ascendem em 4.305 euros, sendo 1.840 euros em dinheiro e 2.465 euros em géneros. Já este ano, e numa altura em que está confirmado o apoio de 15 padrinhos, o Lions Clube de Cantanhede angariou cerca de 400 euros em donativos, através do Encontro Solidário de Coros Infantis que se realizou no passado dia 18 de Fevereiro, no Pavilhão Multiusos de Febres.