Atropelamento causa a morte de conhecida figura de Cantanhede

Causou grande consternação em todo o concelho de Cantanhede o atropelamento mortal que vitimou Rui Sérgio Santos, de 58 anos, figura bem conhecida e estimada em toda esta região. A trágica ocorrência aconteceu ao fim da tarde de sexta-feira (5 de Outubro), junto às bombas de gasolina Alves Bandeira, na freguesia de Febres.

Rui Sérgio Santos andaria a fazer uma das suas habituais caminhadas, seguindo no sentido Cantanhede-Mira para a zona de São Caetano, onde residia, quando foi colhido por um automóvel, com tal violência que lhe provocou a morte – de nada valendo as tentativas de reanimação das equipas de socorro que pouco depois chegaram ao local.

Funcionário da Caixa de Crédito Agrícola de Cantanhede, Rui Sérgio Santos foi um dos fundadores do Cancioneiro de Cantanhede, a cuja Direcção pertencia.