Atletas da APCC sagram-se campeões nacionais de tricicleta

A atleta Sandra Semedo conquistou quatro medalhas de ouro no Campeonato Nacional de Tricicleta, que se disputou hoje (4 de abril) em Lisboa. A triciclista da Associação de Paralisia Cerebral de Coimbra (APCC) alcançou o lugar mais alto do pódio em todas as distâncias da categoria RR2, confirmando assim o seu estatuto de grande nome da modalidade em Portugal e na Europa.

Sandra, atual recordista nacional de todas as distâncias da categoria RR3 e de três na categoria RR2, conquistou no ano passado duas medalhas de ouro e uma de prata na Taça do Mundo e deixou assim indicações de que se encontra em boa forma para a edição deste ano, que se realizará em julho, na Dinamarca.

Mas houve outro atleta da APCC a chegar ao ouro: João Vaz (RR1) revalidou o seu título nacional nos 100 metros e elevou assim para cinco o número de medalhas conquistadas pela Associação. A prova ficou ainda marcada pela estreia de António Camacho (RR1) em campeonatos nacionais.

A edição de 2017 do Campeonato Nacional de Tricicleta decorreu na Pista de Atletismo Municipal Prof. Moniz Pereira, em Lisboa, e foi organizada pela PCAND, sendo esta a única prova do calendário nacional da modalidade, que é complementado pelo Encontro Nacional, evento que já se disputou em Coimbra por várias vezes.

A tricicleta é uma modalidade desportiva realizada em pistas de atletismo, destinada exclusivamente a pessoas com paralisia cerebral. Trata-se de uma competição mista, com três classes de competição. Começou a ser praticada na APCC há mais de década e meia, mas depois de um período de algum apagamento foi retomada com maior entusiasmo em 2013.