Apelo à doação de sangue

O presidente do Instituto Português do Sangue e Transplantação (IPST), Hélder Trindade, apelou aos portugueses com tipo de sangue 0- e A- para fazerem as suas dádivas, contribuindo para que doentes e hospitais tenham um verão tranquilo.

Hélder Trindade ressalvou que, “neste momento, quer em termos nacionais, quer em termos do IPST”, as reservas de sangue estão “estáveis” e “são confortáveis”, com “mais de sete a dez dias, para a maior parte dos grupos” sanguíneos.

Contudo, como “o mês de Agosto é complicado para a colheita”, “aproveito para deixar este alerta aos dadores que são A- e 0-“, que são os dois grupos problemáticos, disse Hélder Trindade aos jornalistas, no dia 29 de Julho, no final de uma visita ao centro de transplantação do Hospital Curry Cabral, em Lisboa, onde acompanhou o secretário de Estado da Saúde, Manuel Delgado.

O apelo aos dadores não regulares, para que “aproveitem esta época de verão para fazer as suas dádivas, permitirá que os doentes tenham o verão com a sua doença, mas sem correr mais riscos, [e] o ISPT esteja tranquilo”, assim como os hospitais, sublinhou.

“Diria que estamos bem – acrescentou Hélder Trindade -, mas, no sangue, temos de manter sistematicamente este alerta e, sobretudo, em relação a estes dois grupos”, concluiu.