APCC homenageia atleta paralímpico António Marques

A Direcção da Associação de Paralisia Cerebral de Coimbra (APCC) decidiu, em reunião realizada esta semana, homenagear o atleta António Marques, que representou a instituição e o país nos últimos Jogos Paralímpicos, realizados no Rio de Janeiro.

O tributo terá lugar no dia 20 de Outubro, data em que se celebra o Dia Nacional da Paralisia Cerebral, e pretende premiar a carreira, a dedicação e o esforço daquele que é o praticante mundial de boccia com mais medalhas paralímpicas.

António Marques conquistou no Brasil uma medalha de bronze, enquanto membro da Equipa BC1/BC2, aumentando assim o seu currículo para um total de sete: duas de ouro, três de prata e duas de bronze no boccia, a que se junta uma outra medalha de bronze no atletismo (lançamento de precisão).

António Marques nasceu em Aveleira (Penacova) há 52 anos, é o praticante que há mais tempo compete em provas internacionais de boccia em todo o mundo, tendo já participado em sete Jogos Paralímpicos. É utente da APCC desde criança e foi na instituição que se iniciou no desporto.

A APCC é, de resto, pioneira no desenvolvimento do desporto para pessoas com deficiência em Portugal. O boccia, por exemplo, foi introduzido no nosso país durante um curso organizado pela Associação. Desde 1984 que a Associação participa regularmente em competições nacionais da modalidade, tendo conquistado já mais de 30 títulos.