António Marques nos oitavos de final do campeonato do mundo de boccia

O atleta de boccia António Marques, único representante do distrito de Coimbra no Campeonato do Mundo daquela modalidade, conseguiu atingir os oitavos de final da prova, que se disputou em Pequim, na China.

O desportista da Associação de Paralisia Cerebral de Coimbra (APCC)  venceu no primeiro dia (contra Io Hong Choi, de Hong Kong, por 11-2) e conseguiu responder a uma derrota na segunda partida (com o brasileiro Luiz Lima Filho, por 2-4) com um triunfo no último encontro da fase de grupos (4-3 contra o também brasileiro José Carlos de Oliveira), o que lhe valeu o acesso às eliminatórias.

Nessa fase, porém, uma partida muito equilibrada com o grego Panagiotis Solanis resultou numa derrota por 3-6  que determinou o afastamento de António Marques da competição.

Numa prova que foi muito disputada e que teve partidas de grande nível, este não deixa de ser um bom resultado para aquele que é o praticante de boccia que há mais tempo compete em provas internacionais em todo o mundo.

No entanto, com este resultado, o atleta nascido em Aveleira (Penacova) há 52 anos não conseguiu o apuramento para as categorias individuais dos Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro, prova onde ainda assim vai participar a nível colectivo e como membro da Seleção de Portugal.

Do currículo de António Marques – que desde sempre competiu pela APCC – constam títulos de vice-campeão mundial (2002), europeu (2005), paralímpico (2008) e intercontinental (2015), além de vários títulos e medalhas por equipas naquelas competições e diversos títulos nacionais, tanto a nível individual como colectivo.