Abertas inscrições para voluntariado em oncologia hospitalar

O Núcleo Regional do Centro da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC.NRC) abriu inscrições para um novo curso de voluntariado hospitalar.

O voluntariado é uma actividade inerente ao exercício de cidadania, de reconhecido interesse social e comunitário, assente no projecto duma equipa, devidamente regulamentado, estruturado e comprometido. O Voluntariado Hospitalar em Oncologia da Liga Portuguesa Contra o Cancro visa contribuir para a humanização da assistência ao doente oncológico, pela disponibilização de apoio prático e/ou emocional aos doentes em regime de ambulatório e internamento nos hospitais com serviços de oncologia.

Em Coimbra, o LPCC.NRC promove e financia o voluntariado hospitalar no Instituto Português de Oncologia de Coimbra (IPOC) e no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC). E é precisamente para estas duas unidades hospitalares que está a recrutar novos voluntários.

Estes voluntários estabelecem contacto directo com o doente e com quem o acompanha para consulta e tratamento, oferecendo atenção, informação, conforto e esperança, essenciais à Humanização da Assistência ao Doente Oncológico e à promoção de uma atitude positiva face ao cancro.

O acolhimento, orientação e acompanhamento do doente e acompanhantes aos vários serviços hospitalares, apoio aos doentes (internados ou em tratamento ambulatório) e a disponibilização de bens alimentares (café com leite e oferta de refeições ligeiras) são alguns dos serviços prestados pelos voluntários do LPCC. NRC.

Como candidatar-se

Algumas das características para candidatar-se são ter mais de 18 anos, disponibilidade de horário (mínimo de uma manhã ou tarde por semana, em dia fixo), assumir compromisso por um ano. Se considera que tem perfil e disponibilidade pode realizar uma pré-inscrição, através do formulário de candidatura ao voluntariado disponível no site https://www.ligacontracancro.pt/voluntariado/. Após a receção da ficha, os candidatos que apresentem competências para o exercício das funções são convocados para uma entrevista. Os selecionados têm participação gratuita num curso de formação inicial de 14 horas de voluntariado em oncologia.

O Voluntariado Hospitalar em Oncologia da Liga Portuguesa Contra o Cancro visa contribuir para a humanização da assistência ao doente oncológico, pela disponibilização de apoio prático e/ou emocional aos doentes em regime de ambulatório e internamento nos hospitais com serviços de oncologia. É promovido e financiado pela LPCC e desenvolvido no Instituto Português de Oncologia de Coimbra (IPOC) e no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC). No contexto hospitalar, os voluntários estabelecem contacto direto com o doente e com quem o acompanha para consulta e tratamento, oferecendo atenção, informação, conforto e esperança, essenciais à Humanização da Assistência ao Doente Oncológico e à promoção de uma atitude positiva face ao cancro.

Tem por objectivos:

  • Melhorar o acolhimento e a permanência do doente oncológico em contexto hospitalar, contribuindo para amenizar o seu sofrimento e melhorar a sua qualidade de vida;
  • Prestar apoio emocional, prático e informativo ao doente oncológico e seus acompanhantes;
  • Divulgar os serviços de apoio ao doente oncológico da Liga Portuguesa Contra o Cancro.

É desenvolvido através da prestação de um conjunto de serviços (de segunda a sexta-feira, das 9h00 às 17h00):

  • Café com leite (oferta de refeições ligeiras aos doentes e acompanhantes);
  • Acolhimento e Guias (acolhimento, orientação e acompanhamento do doente aos vários serviços hospitalares);
  • Apoio ao doente internado;
  • Apoio ao doente em tratamento em ambulatório

Condições de admissão:

  • Maior de 18 anos;
  • Disponibilidade obrigatória de uma manhã ou tarde fixa por semana (quatro horas semanais), em horário laboral (das 8h30 às 12h30 ou das 12h30 às 16h30);
  • Entrevista de seleção;
  • Frequência de um Curso de Formação inicial de Voluntariado em Oncologia (14 horas);
  • Estágio de integração na Instituição Hospitalar;
  • Subscrição de um acordo (escrito) de voluntariado, no qual o voluntário se compromete a permanecer no voluntariado durante um período nunca inferior a seis meses;
  • Maturidade pessoal para o contacto com pessoas em situação de vida adversa;
  • Privilegiam-se os candidatos com conhecimento pessoal ou profissional na área da oncologia ou com experiência anterior de voluntariado na área da saúde;
  • São aceites inscrições ao longo do ano e a seleção dos candidatos é realizada em dois períodos anuais (abril/maio e novembro/dezembro).