À volta da Casa Gandaresa

No próximo sábado, dia 24 de Março, o Seixo de Mira vai ser palco de jornadas culturais subordinadas ao tema em epígrafe, que terão lugar no salão paroquial daquela localidade. Com um programa diversificado que terá início pelas 14h30, dele fazem parte três painéis subdivididos em múltiplos temas, cuja abrangência visa, acima de tudo, ir ao encontro deste espaço que é “marca e berço de um povo e de uma região”, conforme refere o cartaz que divulga esta iniciativa.

Tema aliciante que diz da paridade e da cultura destas terras e destas gentes, em boa hora a ele anuíram inúmeros participantes quer como conferencistas e moderadores, quer na qualidade de meros observadores e estudiosos destas questões identitárias, aos quais se juntaram os professores do Agrupamento das Escolas de Mira e o Departamento de Economia, Gestão, Engenharia Industrial e Turismo da Universidade de Aveiro.

De relegar, o interesse quer da Câmara de Mira, quer da Associação Cultural e da Junta de Freguesia do Seixo ao viabilizarem estas jornadas, donde se espera saiam incrementos e conclusões capazes de contribuir para a preservação e desenvolvimento da Gândara no seu melhor.

Autor: António Castelo Branco